Estamos de volta com as segundas de look.
Por aqui é primavera e tá rolando um solzinho.

giphy

Mas continua friozinho.
E confesso que prefiro assim.
De qualquer forma, no último sábado visitamos Leiden, uma das cidades mais antigas aqui da Holanda, e aproveitei o tempo bom + disposição e a santa paciência do marido, para fazer as fotos do look, que vou usar muitas vezes com toda certeza.

look-body-e-blazer-1

Para esse passeio optei pelo combo short + meia calça (tenho usado muito), body e blazer.

look-body-e-blazer-2

Confesso que há um tempo atrás se alguém me falasse que eu iria usar body eu ia rir na cara dessa pessoa.
Apesar de estar e ser feliz com meu corrrpo, usar peças que evidenciam as minhas curvas era uma coisa muito difícil pra mim.

look-body-e-blazer-3

Os padrões gritam ao nosso redor e a pressão em ter um corpo mais "magro e saudável" acabaram me deixando na dúvida se era realmente possível eu usar essa peça e me sentir confortável comigo mesma.

look-body-e-blazer-8

E a resposta é sim!
Depois que comprei o primeiro, percebi que a barreira existia mais dentro da minha cabeça do que no olhar dos outros.

look-body-e-blazer-6

O body é uma peça super confortável e muito elegante.
Eu gosto de usar com peças de cintura alta, porque modelam mais o corpo e deixam as minhas curvas mais bonitas.

look-body-e-blazer-5

Nesse look optei pelo short saia preto (esse comprei no Brasil no ano passado, na José Paulino, em São Paulo), o body branco (sim, porque gorda pode usar a cor que quiser e esse negócio que vai te deixar maior é problema de quem fica reparando e não nosso) e o blazer de manga dobrada xadrez.

look-body-e-blazer-7

Como o look é monocromático (bem mais fácil de acertar) usei a bolsa rosa como ponto de cor pra dar um ar menos sério à composição.
E nos pés o bom e velho oxford.

look-body-e-blazer-4-1

Para esse look foram usados:

Body: H&M
Blazer: Primark
Short Saia: Malagueta
Meia Calça: C&A
Oxford: Zaxy
Bolsa: Arezzo

Agora me contem, qual peça vocês tinham receio de usar e depois viram que não era nenhum bicho papão?

Beijinhos e até a próxima.
Tchau!